domingo, fevereiro 25, 2024

Recrutalentos

Compartilhando Oportunidades!

Salvador e região

Saiba se direito a distribuição do rendimento do FGTS e o valor que será depositado

O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) vai distribuir R$ 12,7 bilhões entre os trabalhadores que têm contas vinculadas.

Cerca de 132 milhões de pessoas receberão algum repasse. A partilha será proporcional ao saldo de cada conta e vai ser operacionalizada pela Caixa até 31 de agosto. A cada R$ 100 de saldo no FGTS, trabalhador recebe R$ 2,46 de lucro. Para calcular o dinheiro a ser depositado, basta multiplicar o saldo de cada conta do FGTS por 0,02461511. O depósito será identificado como “AC CRED DIST RESULTADO ANO BASE 12/2022”

Confira exemplos:

De acordo com a Caixa, os trabalhadores poderão consultar o crédito no extrato da conta de FGTS por meio do Aplicativo FGTS, disponível gratuitamente nas lojas de aplicativos Google Play e App Store.

Vale ressaltar que o dinheiro não poderá ser sacado separadamente e que as regras para o saque do FGTS seguem inalteradas. Por exemplo, pode fazer o saque a pessoa demitida sem justa causa ou que vai comprar um imóvel.

O valor corresponde a 99% dos R$ 12,8 bilhões referentes ao resultado líquido positivo obtido pelo FGTS em 2022, que reflete a diferença entre as receitas (rendas e rendimentos com operações de crédito, com títulos públicos federais e demais títulos e valores mobiliários, entre outras) e as despesas (remuneração das contas vinculadas, de TR + 3% ao ano, taxa de administração e outras).

No ano passado, as receitas do Fundo somaram, aproximadamente, R$ 49,7 bilhões. Já as despesas foram de pouco mais de R$ 36,9 bilhões.

O objetivo da distribuição de resultado do FGTS é elevar a rentabilidade das contas vinculadas do trabalhador. O valor passa a compor o saldo da conta vinculada e só pode ser sacado nas situações previstas em lei, como nos casos de rescisão sem justa causa, saque-aniversário, aposentadoria, aquisição da casa própria e outros.